Resenha: A campanha da FEB pela libertação da Itália

O autor, Durval de Noronha Goyos Junior, neste meticuloso e bem documentado estudo, conduz o leitor por uma caminhada histórica em meio aos eventos militares, sociais e econômicos que levariam à Segunda Grande Guerra, retomando esses episódios, para demonstrar a importância, pouco reconhecida, da participação da Força Expedicionária Brasileira (FEB) no conflito.

Durval de Noronha Goyos Jr.
Durval de Noronha Goyos Jr. – Sócio Sênior do escritório Noronha Advogados

O livro apresenta a evolução das relações externas do Brasil, destacando o rompimento com as potências do Eixo no início de 1942, que gerou a beligerância com a Alemanha e a Itália fascista. Também relata as circunstâncias em que o governo de Getúlio Vargas tomou tal atitude, assumindo grande risco, uma vez que o rompimento se dava num período em que as potências do Eixo venciam a guerra. E aborda os entendimentos entre Vargas e Roosevelt para o envio da força expedicionária brasileira à Itália.

Estão descritas ali, as ações “extraordinárias” do exército do Brasil na FEB, suas conquistas estratégicas, a libertação das cidades italianas, o cerco de uma divisão alemã após um progresso de 209 quilômetros e também o sacrifício de seus integrantes. São ações, segundo o autor, que tiveram resultados desproporcionalmente altos.

A obra inclui uma reflexão sobre os efeitos da Segunda Guerra Mundial nas relações internacionais e na formatação do direito internacional público, bem como no avanço na ética pública, examinando ainda os efeitos do conflito no Brasil, na Itália, na Alemanha e no Japão, bem como as boas relações do país com as demais nações no pós-guerra.

Expressiva, com projeto gráfico e apresentação visual de muito boa qualidade, esta obra traduz a grandiosidade dos feitos dos pracinhas brasileiros no Teatro de Operações na Itália, prefaciado pelo Ten Brigadeiro Sérgio Xavier Ferolla com contraface do médico e blogueiro Dr. Valter Torrentino, estudioso da temática

Lançado pelo nosso parceiro Cultura Acadêmica Editora, o livro “A campanha da Força Expedicionária Brasileira pela libertação da Itália” pode ser adquirido aqui.

* Neste dia 23 de Março de 2015, o autor, Durval de Noronha Goyos Jr, assumiu, em São Paulo, a presidência da União Brasileira de Escritores – UBE para o biênio 2015-2017, fato ocorrido no Teatro da Academia Paulista de Letras.

Fonte: Taiadaweb – Jornal Eletrônico de Caçapava e Região

Deixe uma resposta