Oh Dear!

O poeta António Paixão nos envia a mensagem abaixo, acompanhado de poema escrito em inglês, por seu heterônimo Tony Malvern.

Como já tive a oportunidade de escrever, todo escritor que se preza tem heterônimos e eu, como grande, festejado e premiado poeta que sou, também tenho, para os mais diversos idiomas. Chique, chique. O meu heterônimo para a língua inglesa é Anthony Francis Malvern, ou Tony Malvern. Posh, posh. Pois bem, Tony Malvern escreveu, há muitos anos, o poema abaixo para a garota GooGoo Molisano, filha de seu amigo, o cantaautor, pedreiro, cozinheiro e peixeiro napolitano, dentre outros atributos impublicáveis, Beppe Molisano. GooGoo adorava cachorros, mas não era muito aficionada a gatos. Recordar é viver.
António Paixão, detentor do prêmio IG-Nóbil 2020.

OH, DEAR!

Poem by Anthony Francis Malvern,
Aka Tony Malvern.

The mess of the diarrhoea by the 7 cats
did happen here and all over the mats.
You should feel the awful smell,
as it made me most unwell.
Oh, Dear. My sister thought it was cute,
but the whole thing only made me puke.

António Paixão on EmailAntónio Paixão on Facebook
António Paixão
ESCRITOR
António Paixão é um desgraçado jornalista permanentemente desempregado. É um velhote neurastênico, comunista de carteirinha, mas com uma cultura eclética e pouca disposição para brigar, porque procura, mas sem sucesso, ser simpático. Como todo jornalista, António Paixão não funciona sem álcool, pois é uma pessoa pouco confiável por muitas razões, dentre as quais por ser do sexo masculino, carioca e torcedor do Botafogo. Em São Paulo, torce pelo Corinthians e, em Portugal, pelo Vila Real. Julguem.